Área Restrita Novo


Redução de multas e acréscimos moratórios relacionados a débitos tributários SEFAZ - AC

LEI Nº 3.479, DE 24 DE MAIO DE 2019

Dispõe sobre a redução de multas e acréscimos moratórios relacionados a débitos tributários do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação - ICMS.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE FAÇO SABER que a Assembleia Legislativa do Estado do Acre decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Ficam reduzidos em noventa por cento os valores de multas por infrações e de acréscimos moratórios relacionados a débitos tributários do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação - ICMS, constituídos ou não, inscritos ou não em dívida ativa, inclusive os ajuizados, cujos fatos geradores tenham ocorrido até a data prevista no Convênio ICMS nº 79/18, desde que o saldo remanescente seja pago em parcela única no prazo fixado em Decreto do Poder Executivo, observado o prazo final estipulado no Convênio ICMS nº 79/18.

§ 1º O benefício de que trata o caput não se aplica a débitos tributários decorrentes de penalidades pecuniárias por descumprimento de obrigações acessórias, que poderão ser quitados com redução de setenta por cento.

§ 2º A fruição do benefício fica condicionada, ainda, à regularização dos demais débitos do ICMS e do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores - IPVA pelo interessado.

§ 3º Até cinquenta por cento do valor a ser pago nos termos do caput poderá ser objeto de encontro de contas na forma da legislação estadual.

Art. 2º Fica o Poder Executivo autorizado a regulamentar e estabelecer condições adicionais para fruição dos benefícios de que trata esta lei.

Art. 3º Fica revogada a Lei nº 3.427, de 21 de novembro de 2018.

Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. 




Luciana Ribeiro


   
  Publicações anteriores
Carf ignora STF e decide que ICMS compõe base de cálculo de PIS e Cofins
A União resolveu não acatar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e manteve o ICMS recolhido pelas empresas, mesmo estes não sendo faturamento das mesmas, na base de cálculo do PIS e da Cofins.

 
Agenda de compromissos fiscais e trabalhistas do mês de abril
Calendário de obrigações - Abril 2019

 
Câmara considera assédio moral no trabalho como crime
A Câmara aprovou no último dia 12 projeto que considera assédio moral no trabalho como crime e estabelece pena de um a dois anos de prisão, além de multa.

 
BNDES lança linha de crédito especial para micro e pequenas empresas
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou nesta sexta-feira (22) uma linha de crédito especial voltada a micro e pequenas empresas (MPEs), incluindo empresários individuais. O lançamento já havia s

 
STF valida fim do imposto sindical
O STF (Supremo Tribunal Federal) validou na última sexta (29) o fim da obrigatoriedade do imposto sindical constante na reforma trabalhista aprovada no ano passado pelo Congresso Nacional.

 
Divulgadas novidades e regras para a DIRPF
A Receita Federal anunciou na última sexta-feira (23) as novidades e regras para entrega da Declaração do IRPF 2017-2018. Entre as mudanças estão o maior detalhamento dos bens e a obrigatoriedade de informação de CPF de

 
Divulgadas novidades e regras para a DIRPF


 
Fim da obrigatoriedade da homologação pode valer em setembro
Em 11 de julho o Senado Federal aprovou texto que estingue a contribuição sindical obrigatória. Se até meados de setembro o governo federal não alterar o projeto por meio de medida provisória a nova regra entra em vigor.

 
Município de São Paulo publica lei sobre compensação de débitos
Desde o último dia 9 está em vigor a Lei nº 16.670/2017, que dispõe sobre a compensação de créditos tributários com débitos tributários junto à Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo. A res

 
Câmara Municipal de SP aprova programa de parcelamento de débitos
A Câmara de São Paulo aprovou na última semana projeto de lei que estabelece o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI). Os contribuintes em dívida com o município poderão regularizar sua situação tão logo o

 
  Em Exibição: 11-20
    Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68
 
 
Rua Marapuama, 107 - Alto da Lapa - São Paulo
Telefone: 11 - 3835-7679
contato@zloti.com.br