Área Restrita Novo


Empresas do Simples não precisam pagar contribuição social em demissões sem justa causa

Zloti Informativo 08/2017 n.º 330

O Informativo sucinto e pontual da Zloti

 

 

 

      

        Apesar de a Lei Complementar nº 110/2001 instituir a contribuição social devida pelos empregadores em caso de demissão de funcionários sem justa causa, a Lei do Simples Nacional (LC 123/2006) isenta a empresa de recolher o adicional de 10% sobre o montante de todos os depósitos devidos referentes ao FGTS durante a vigência do contrato de trabalho.

        Segundo o artigo 13º da Lei do Simples Nacional, as pequenas e médias empresas estão amparadas a recolher através de guia única apenas os tributos IRPJ, IPI, CSLL, COFINS, PIS/Pasep, CPP, ICMS e ISS, estando dispensadas do pagamento de demais contribuições instituídas pela União, “inclusive as contribuições para as entidades privadas de serviço social e de formação profissional vinculadas ao sistema sindical, de que trata o artigo 240 da Constituição Federal, e demais entidades de serviço social autônomo”.

        O Tribunal Regional Federal da 4ª e da 1ª Região tem julgado processos a favor dos contribuintes e determinado a restituição do valor pago indevidamente nos últimos cinco anos.

 

Fonte: Jusbrasil

 

 

 

 

www.zloti.com.br                      zloti@zloti.com.br

 

Unidade I – Rua Marapuama, 107 – Alto da Lapa – São Paulo – SP

 




Luciana Ribeiro


   
  Publicações anteriores
Carteira de Trabalho informatizada chega a SP
Chegou em novembro ao Estado de São Paulo o processo de informatização para emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

 
Prazo para opção pelo Simples Nacional vai até 28 de dezembro
O prazo para inscrição no Simples Nacional para 2013 vai até 28 de dezembro.

 
Empresas do Lucro Presumido aguardam 2013 para entrega da EFD
A partir de janeiro, as empresas optantes pelo regime tributário do Lucro Presumido serão obrigadas à transmissão da Escrituração Fiscal Digital Contribuições (EFD Contribuições).

 
Pessoa física poderá deduzir do IR doações a escolas
O Projeto de Lei (PLS) 566/2011, que permite que pessoas físicas deduzam do Imposto de Renda valores doados a instituições públicas de ensino, foi aprovado no último dia 13 pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

 
Ministério estuda uso de digital para retirar seguro-desemprego
O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) pretende implantar em dois anos a identificação biométrica para pagamento do seguro-desemprego.

 
Governo regulamenta débitos de 2007 do Simples
A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) regulamentou o parcelamento dos débitos inscritos em outubro na Dívida Ativa da União pelas empresas do Simples Nacional. A portaria foi publicada em novembro no Diário oficial da Uni

 
Contabilidade se prepara para nova linguagem de demonstrações contábeis
Os escritórios de contabilidade têm passado por significativas mudanças nos últimos anos.

 
Orientações – Férias
Há dúvidas em relação a quem cabe definir a época do gozo de férias do empregado.

 
Mínimo passa a valer R$ 674,95
O projeto de Orçamento elaborado pelo Ministério do Planejamento, que está em tramitação no Congresso, estabelece que o salário mínimo a partir de janeiro será de R$ 674,95. O valor supera em pouco mais de R$ 4,00 a

 
SP estabelece normas para uso do Cupom Fiscal Eletrônico
A Portaria 147 CAT, publicada no Diário Oficial de São Paulo no último dia 6, estabelece normas para emissão do Cupom Fiscal Eletrônico por meio do Sistema de Autenticação e Transmissão.

 
  Em Exibição: 211-220
    Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67
 
 
Rua Marapuama, 107 - Alto da Lapa - São Paulo
Telefone: 11 - 3835-7679
contato@zloti.com.br