Área Restrita Novo


Carf ignora STF e decide que ICMS compõe base de cálculo de PIS e Cofins

A União resolveu não acatar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e manteve o ICMS recolhido pelas empresas, mesmo estes não sendo faturamento das mesmas, na base de cálculo do PIS e da Cofins.

O Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) manteve o posicionamento que considera a decisão como não sendo definitiva, mesmo com o fato de o plenário do STF ter decidido, em repercussão geral, que o valor arrecadado a título de ICMS não se incorpora ao patrimônio do contribuinte e, dessa forma, não pode integrar a base de cálculo dessas contribuições.

Segundo ele, o Regimento Interno do Carf prevê que o requisito da decisão definitiva para a obrigatoriedade da aplicação do precedente deve observar se a decisão já transitou em julgado.

Enquanto isso, aguardando tamanha formalidade que firmará o direito do contribuinte em não recolher valores a maior, diante inclusive da já difícil situação financeira em que se encontram as empresas, terão estas que recolher os valores exigidos e, depois, através de processos ou administrativos ou judiciais (ambos custosos) requerer direitos que já são sabidos que possuem.

Especialistas veem com preocupação o fato de o órgão desrespeitar uma decisão do STF, já que o regimento interno do Carf determina que as matérias decididas com repercussão geral pelo STF devem ser seguidas.

Fonte: Receita Federal 

Texto: Luciana Ribeiro




Luciana Ribeiro


   
  Publicações anteriores
Portaria implanta procedimentos de correção de GIAs
A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo publicou a Portaria CAT-103, de 23 de agosto, que passou a vigorar desde o começo de setembro.

 
O País das obrigações acessórias
Como se não bastasse a elevada carga tributária, Brasil amarga o título de campeão em tempo gasto para o cumprimento de exigências fiscais

 
Novo modelo para rescisão de contrato de trabalho já está disponível
O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) já disponibiliza o novo modelo do Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT) e o tornará obrigatório a partir de novembro. A Caixa Econômica Federal (CEF) aceitará os modelo

 
Contribuinte pode pagar multa menor baseado em lei nova
Uma lei nova que determine um valor menor sobre multas pode ser utilizada em benefício do contribuinte.

 
EFD- Contribuições é obrigatória a empresas de lucro presumido e arbitrado
A Receita Federal alterou no mês passado a Instrução Normativa RFB nº 1.252/2012.

 
Receita lança versão nova do CNPJ
A partir da próxima terça-feira (28), estará disponível no site da Junta Comercial dos estados a versão 3.5 do CNPJ.

 
Obrigatoriedade da NF-e para alguns segmentos é adiada
As Secretarias da Fazenda e Receita dos 27 estados brasileiros e do Distrito Federal, celebraram no final de junho o Protocolo ICMS 84/2012.

 
Receita cria declaração de transações com o exterior
Desde o início de agosto está em vigor a obrigatoriedade da declaração de transações com o exterior.

 
Junta Comercial de MG desenvolve projeto para reduzir tempo de abertura de empresas
A Junta Comercial de Minas Gerais (JUCEMG) vem desenvolvendo há um mês projeto para agilizar a abertura de micro e pequenas empresas no país.

 
Novo prazo de adesão ao Refis será aberto
A Receita Federal sinalizou positivamente para a aprovação do Projeto de Lei (PL) 3.091/2012, que reabre o prazo para as empresas inscritas no Refis da Crise consolidarem as informações necessárias sobre as dívidas a serem pa

 
  Em Exibição: 251-260
    Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67
 
 
Rua Marapuama, 107 - Alto da Lapa - São Paulo
Telefone: 11 - 3835-7679
contato@zloti.com.br