Área Restrita Novo


Carf ignora STF e decide que ICMS compõe base de cálculo de PIS e Cofins

A União resolveu não acatar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e manteve o ICMS recolhido pelas empresas, mesmo estes não sendo faturamento das mesmas, na base de cálculo do PIS e da Cofins.

O Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) manteve o posicionamento que considera a decisão como não sendo definitiva, mesmo com o fato de o plenário do STF ter decidido, em repercussão geral, que o valor arrecadado a título de ICMS não se incorpora ao patrimônio do contribuinte e, dessa forma, não pode integrar a base de cálculo dessas contribuições.

Segundo ele, o Regimento Interno do Carf prevê que o requisito da decisão definitiva para a obrigatoriedade da aplicação do precedente deve observar se a decisão já transitou em julgado.

Enquanto isso, aguardando tamanha formalidade que firmará o direito do contribuinte em não recolher valores a maior, diante inclusive da já difícil situação financeira em que se encontram as empresas, terão estas que recolher os valores exigidos e, depois, através de processos ou administrativos ou judiciais (ambos custosos) requerer direitos que já são sabidos que possuem.

Especialistas veem com preocupação o fato de o órgão desrespeitar uma decisão do STF, já que o regimento interno do Carf determina que as matérias decididas com repercussão geral pelo STF devem ser seguidas.

Fonte: Receita Federal 

Texto: Luciana Ribeiro




Luciana Ribeiro


   
  Publicações anteriores
Receita quer agilizar troca de dados do Registro de Identificação Civil e do CPF
Na proposta, todas as vezes em que for emitido o RIC, o sistema automaticamente consultará a base de dados para saber se o contribuinte já está na base do CPF

 
Governo vai acabar com entrega de I.R para pessoas jurídicas
Ação visa atender a ordem de racionalizar o sistema tributário brasileiro

 
Receita vai extinguir declaração de empresas que traz dados do IR, faturamento e balanço
Intenção da Receita é facilitar o preenchimento dos documentos obrigatórios, utilizando informações do SPED

 
Programa de Parcelamento Incentivado é prorrogado até dia 12 de dezembro
A medida se tornou necessária devido ao grande número de paulistanos que optaram pelo programa, com vistas à quitação de seus débitos com a Prefeitura de São Paulo

 
Receita vai simplificar PIS-COFINS
RFB estuda simplificação dos principais tributos brasileiros para 2012

 
Documentos que não podem ser exigidos na seleção e contratados de novo empregado
A seleção e a contratação de um empregado consistem em vários procedimentos que variam de empresa para empresa. Confira relação de documentos que não devem ser exigidos e, caso aconteça, é caracterizado co

 
Contribuintes do ICMS fazem contagem regressiva para a obrigatoriedade da EFD PIS/COFINS
A partir de 01/01/2012, todos os contribuintes do ICMS estarão obrigados a utilizar a EFD

 
Novidades para RAIS 2012
Prazos e novas formas de entrega da documentação são alterados

 
Confira documentação que deve ser apresentada pelo empregado na obtenção do salário-família
A liberação do benefício é feita a partir da entrega de toda documentação relacionada

 
Empresa participante do Simples poderá parcelar dívidas
Mais de 500 mil companhias têm dívidas com receitas federal, estadual ou municipal

 
  Em Exibição: 331-340
    Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67
 
 
Rua Marapuama, 107 - Alto da Lapa - São Paulo
Telefone: 11 - 3835-7679
contato@zloti.com.br