Área Restrita Novo


Carf ignora STF e decide que ICMS compõe base de cálculo de PIS e Cofins

A União resolveu não acatar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e manteve o ICMS recolhido pelas empresas, mesmo estes não sendo faturamento das mesmas, na base de cálculo do PIS e da Cofins.

O Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) manteve o posicionamento que considera a decisão como não sendo definitiva, mesmo com o fato de o plenário do STF ter decidido, em repercussão geral, que o valor arrecadado a título de ICMS não se incorpora ao patrimônio do contribuinte e, dessa forma, não pode integrar a base de cálculo dessas contribuições.

Segundo ele, o Regimento Interno do Carf prevê que o requisito da decisão definitiva para a obrigatoriedade da aplicação do precedente deve observar se a decisão já transitou em julgado.

Enquanto isso, aguardando tamanha formalidade que firmará o direito do contribuinte em não recolher valores a maior, diante inclusive da já difícil situação financeira em que se encontram as empresas, terão estas que recolher os valores exigidos e, depois, através de processos ou administrativos ou judiciais (ambos custosos) requerer direitos que já são sabidos que possuem.

Especialistas veem com preocupação o fato de o órgão desrespeitar uma decisão do STF, já que o regimento interno do Carf determina que as matérias decididas com repercussão geral pelo STF devem ser seguidas.

Fonte: Receita Federal 

Texto: Luciana Ribeiro




Luciana Ribeiro


   
  Publicações anteriores
Governo anuncia novo mínimo de R$ 622,73
O reajuste faz parte da atualização dos parâmetros econômicos da proposta orçamentária de 2012

 
Definido calendário de pagamento do IPVA 2012
Consulta pode ser realizada no site da Secretaria da Fazenda

 
Empresas terão novo prazo para a entrega do EFD-PIS/COFINS
Com mais tempo, o material produzido possui menos erros e evita transtornos

 
Opção pelo Simples Nacional pode ser agendada
Serviço ficará disponível até o final de dezembro do ano anterior ao da opção

 
Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas é obrigatória a partir de janeiro de 2012
CNDT tem o intuito de favorecer quem cumpre os compromissos com o trabalhador

 
Idosos poderão ficar isentos do IR a partir dos 75 anos
Objetivo da proposta é compensar perdas financeiras

 
Empresas têm até 31/12/2011 para se cadastrar no novo Conectividade Social
Caixa informa que, passado o prazo, não será permitido acesso ao portal eletrônico

 
Mudanças no Simples Nacional já são lei
Dilma Rouseff sanciona lei com importantes alterações para micro e pequena empresa

 
O MTE e Inmetro firmam acordo para certificação do Ponto Eletrônico
As instituições irão desenvolver e implementar programas de avaliação para o REP

 
CONFAZ revoga obrigações relativas à nota fiscal eletrônica
Conselho Nacional volta atrás e cancela também a obrigação para NF-e

 
  Em Exibição: 341-350
    Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67
 
 
Rua Marapuama, 107 - Alto da Lapa - São Paulo
Telefone: 11 - 3835-7679
contato@zloti.com.br