Área Restrita Novo


Carf ignora STF e decide que ICMS compõe base de cálculo de PIS e Cofins

A União resolveu não acatar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e manteve o ICMS recolhido pelas empresas, mesmo estes não sendo faturamento das mesmas, na base de cálculo do PIS e da Cofins.

O Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) manteve o posicionamento que considera a decisão como não sendo definitiva, mesmo com o fato de o plenário do STF ter decidido, em repercussão geral, que o valor arrecadado a título de ICMS não se incorpora ao patrimônio do contribuinte e, dessa forma, não pode integrar a base de cálculo dessas contribuições.

Segundo ele, o Regimento Interno do Carf prevê que o requisito da decisão definitiva para a obrigatoriedade da aplicação do precedente deve observar se a decisão já transitou em julgado.

Enquanto isso, aguardando tamanha formalidade que firmará o direito do contribuinte em não recolher valores a maior, diante inclusive da já difícil situação financeira em que se encontram as empresas, terão estas que recolher os valores exigidos e, depois, através de processos ou administrativos ou judiciais (ambos custosos) requerer direitos que já são sabidos que possuem.

Especialistas veem com preocupação o fato de o órgão desrespeitar uma decisão do STF, já que o regimento interno do Carf determina que as matérias decididas com repercussão geral pelo STF devem ser seguidas.

Fonte: Receita Federal 

Texto: Luciana Ribeiro




Luciana Ribeiro


   
  Publicações anteriores
Construtoras estudam o IFRS
Novas regras contábeis internacionais devem ser bem compreendidas

 
Lei elimina aumento da CSLL para bolsas
Bovespa e BM&F estão livres do aumento de 9% para 15%

 
Micro e pequenas têm tratamento diferenciado em SP
Empresas que participarem de licitações no Estado não precisarão apresentar Certidão Negativa de Débito

 
Sonegação em contribuições previdenciárias é alvo da Receita
Serão 1,7 mil empresas investigadas num primeiro momento

 
Somente lei complementar dispõe sobre tributos, diz STF
INSS não pode cobrar contribuições de período anterior a cinco anos

 
Cofins volta a julgamento no STF
Empresários querem tornar o aumento do tributo inconstitucional

 
Cruzamento de dados faz Receita chamar 22 mil contribuintes
Movimentação bancária é incompatível com valores declarados no IR

 
Receita libera 1º lote de restituições do IR
Consultas podem ser feitas a partir de hoje (9). Valor estará disponível em uma semana

 
Receita estende sistema eletrônico a todo o país
Processo Eletrônico estará disponível a 21 estados em julho

 
Congresso aprova alterações para previdência do trabalhador rural
MP facilita contratações por períodos curtos e altera contagem para aposentadoria dos trabalhadores rurais

 
  Em Exibição: 531-540
    Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67
 
 
Rua Marapuama, 107 - Alto da Lapa - São Paulo
Telefone: 11 - 3835-7679
contato@zloti.com.br