Área Restrita Novo


Novas regras do Leão isentam 1,5 milhão de contribuintes

Novas regras do Leão isentam 1,5 milhão de contribuintes

 

A Receita Federal anunciou ontem (10) mudanças no Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2010 – ano-base 2009. A elevação do limite de isenção para R$ 17.215,08 é uma das principais alterações. Com isso, cerca de 1,5 milhão de contribuintes deixarão de declarar.

Outra nova regra que contribuirá para a queda do número de declarações é a liberação da apresentação das pessoas que não tiveram rendimentos e são sócias de empresas que não obtiveram lucro no ano passado. No entanto, se o sócio se enquadrar nas outras categorias, está obrigado a declarar.

O valor mínimo do patrimônio também foi modificado. Só precisa declarar quem somou R$ 300 mil em bens. Em 2009, esse limite era de R$ 80 mil. O prazo para entrega do IRPF vai de 1º de março a 30 de abril.

Para o ano que vem, outras mudanças serão adotadas. A declaração em papel não será mais permitida, limitando-se ao envio via internet ou à entrega de disquete nas agências da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. Além disso, o teto de isenção saltará para R$ 22.487,25.

 

Fonte: O Estado de S.Paulo




Luciana Ribeiro


Rua Marapuama, 107 - Alto da Lapa - São Paulo
Telefone: 11 - 3835-7679
contato@zloti.com.br